Brasandes Viagens sua Operadora Turística no Brasil.

Ligue para nós: (+55) 21 2235 7872
icon

BOLIVIA

BOLÍVIA

É um país encravado no centro-oeste da América do Sul. Faz fronteira com o Brasil ao norte e leste, Paraguai e Argentina ao sul, e Chile e Peru ao oeste.

Antes da colonização europeia, a região andina boliviana fazia parte do império Inca - o maior império da era pré-colombiana.

A Bolívia é uma república democrática, dividida em nove departamentos. Geograficamente, possui duas regiões distintas, o altiplano a oeste e as planícies do leste, cuja parte norte pertence à bacia Amazônica e a parte sul à Bacia do Rio da Prata, da qual faz parte o Chaco boliviano.

 

Bolívia foi palco de grandes civilizações, a mais importante das quais foi a Civilização Tiahuanaco. Tornou-se parte do império Inca no século XV. Quando os espanhóis chegaram no século XVI, a Bolívia, rica em depósitos de prata, foi incorporada no vice-reino do Pelo, e mais tarde no de La Plata.

ECONOMIA

A Bolívia é um dos países mais pobres e menos desenvolvidos da América Latina. Após uma desastrosa crise econômica no início da década de 1980, algumas reformas atraíram o investimento privado, estimularam o crescimento econômico e diminuíram os índices de pobreza na década seguinte. O período entre 2003 e 2005 foi caracterizado por instabilidade política, tensões étnicas e violentos protestos contra planos - posteriormente abandonados - de exportar o gás natural produzido no país para grandes mercados do Hemisfério Norte.

GASTRONOMIA

Para o desfrute do turista a comida boliviana é muito variada. Os pratos do Planalto abundam em féculas e carboidratos. São típicos os chunhos ou tintas, batatas muito gostosas secadas ao frio. O satja, um caldo de frango coberto de molho de pimentões picantes ou a saltenha, empada de carne e verduras, como forma de bola, são outras das delícias nativas.

A carne é muito apreciada na Bolívia, e normalmente é acompanhada por arroz, batatas e alface; tudo isto temperado com um molho picante, llajhua, baseado em tomates e locotos. Nas terras baixas é popular a mandioca e os vegetais locais, que veem a substituir às batatas.  A carne costuma ser de cordeiro, bode ou lhama. A carne de porco é reservada para as grandes ocasiões, enquanto que o leitão é uma especialidade de Cochabamba. As carnes preparam-se ensopadas ou grelhadas. O frango, preferencialmente frito, é também, comum na gastronomia boliviana.

Cultura

A tradição boliviana conjuga influências na música e dança pré-inca, espanhola, amazônica e inclusive a africana. As diferentes zonas de paisagens produzem distintos tipos de músicas, o frio dos Andes contrasta com o colorido que provocam as terras temperadas de Tarija. Os instrumentos feitos a mão dos índios produzem sons únicos, que tem sido introduzidos na música europeia pela riqueza sonora. Entre os instrumentos típicos da Bolívia encontra-se o charango, similar ao bandolim, o violinho chapaco, a zamponha, baxão e quena, espécies de flautas, instrumentos de vento como a tarka e o sikuri, o erke, a cana e a camachenha da zona de Tarija. Entre os instrumentos de percussão estão a huancara e a caixa.

As danças pré-hispânicas tinham suas origens na necessidade de expressar-se. Eram bailes de celebração de guerra, fertilidade, caça, trabalho, bodas, etc. Com a chegada do espanhóis e os escravos africanos estas influências entraram em plena fusão. A dança tradicional boliviana é a "cueca". Outras danças populares são o auqui-auqui ou o huayño. No sul é famoso o festival de dança conhecido como chapaqueada, ou bailes como a roda. Entre os bailes folclóricos temos o macheteiro. No norte baila-se o carnaval e o taquirari Beniano. Durante o Carnaval dançam-se na Diablada de Oruro bailes de origem africana como a morenada ou os negritos. Os Lhameros, incas, tobas, são expressões destas antigas culturas. Potosí e A Paz são lugares de origem do caporal e o tinku.

Dados Gerais

Fuso horário:

Moeda: Boliviano

Idioma: Espanhol, quechua, Aimara e guarani.

População: 10,5 milhões

Capital: Sucre

Tags: Bolivia

Estamos abertos 24 horas

Brasandes 24 hrasNosso estilo de serviço exclusivo tornará melhor cada aspecto do seu viagem. Não importa onde se encontre... 

E estamos ao seu dispor 24 horas por dia.